Sábado, 10 de Janeiro de 2009

...

 

 A gralha Entre Pavões
 
Era uma vez uma gralha que achou umas penas de pavão. Logo as vestiu e foi-se pôr ao pé dos pavões como se fosse um deles.
Um dos pavões reconheceu-a e acusou-a. Então os pavões saltaram-lhe em cima e, não só lhe arrancaram as penas do pavão, como também lhe arrancaram as dela.
A gralha, humilhada, voltou para junto das companheiras. Ora, elas, vendo-a assim, expulsaram-na dali.
Gralha, pobre gralha! Nua e humilhada, aprendeu uma grande lição:
“Não mexer nas coisas dos outros sem autorização.”
 

Rafaela Silva  6º E

 

publicado por Contador às 16:46
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28


.posts recentes

. CONCURSO "QUEM CONTA UM C...

. O Banqueiro Anarquista

. Amor de perdição

. O Amor de Teresa e Simão

. ...

. O Céu Dentro de Ti

. Reconto de fábula de La F...

. Reconto da Fábula de La F...

. OFICINA DE LÍNGUA PORTUGU...

. ...

.arquivos

. Fevereiro 2011

. Fevereiro 2010

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Maio 2007

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds